Hora da manutenção: veja os indícios de que seu carro precisa visitar a oficina

  • 0

Hora da manutenção: veja os indícios de que seu carro precisa visitar a oficina

Assim como o corpo humano, os automóveis costumam emitir alguns sinais de que tem algo errado. E quando eles aparecem é melhor não ignorá-los. Engenheiro mecânico com experiência em montadoras, o consultor técnico da SAE Brasil Francisco Satkunas conversou com o Garagem360 e relatou alguns sintomas de que a manutenção é necessária. Confira abaixo, em tópicos, a entrevista na íntegra.

Falha inesperada

Um automóvel está sujeito a apresentar falhas, assim como qualquer outra máquina. Porém, em pouquíssimos casos você verá isso acontecer, creio que menos de 10% dos carros podem sofrer uma quebra espontânea. O veículo geralmente dá um alerta que algo não está bem.

Abra os vidros

É recomendável rodar algumas vezes com o carro de vidros abertos e som desligado. Isso é importante para ouvir como está o ronco do motor. Se tiver algum barulho diferente, é importante levar ao mecânico. Por exemplo, um ruído parecido com um “assobio” pode ser o rolamento do alternador.

Olha o nível

Muita gente liga o motor, vê que a luz do óleo acende e depois apaga e acha que está tudo bem. Para saber se o nível está bom, precisa ver na vareta do motor. A luz só indica que há a pressão de óleo. Muitas pessoas acham que porque apagou se tem óleo. Caso ele acabe com o carro rodando, o motor pode até fundir.

A água do radiador também sempre merece uma checagem. Alguns carros mais caros informam o nível do reservatório, mas os mais básicos não falam.

Cor da fumaça

Fumaça branca saindo no escapamento não tem problema nenhum, porque cada um litro de combustível queimado, gera um litro de água, que sai em forma de vapor. O problema é se tiver uma fumaça azulada, que não se dissipa. Pode ser que os anéis do motor estão gastos, ou até mesmo algum problema na junta do cabeçote. Para saber se está tudo bem, ligue o carro pela manhã e observe a fumaça que sai no escape. Se estiver azul, é bom levar ao mecânico para conferir a pressão dos cilindros.

Escape barulhento

Barulhos no escape pode ser vela ou cabo de vela, então é melhor trocar o jogo.

Ou então pode ser o catalisador, principalmente por conta de combustível adulterado.

Freios

O sistema também tem uma lâmpada espia no painel. Quando ela começa a acender pode significar que o nível do óleo dos freios está abaixando. Pode haver algum vazamento, então é necessário levar até a oficina.

Direção

Hoje a assistência para a elétrica em substituição aos sistemas de direção hidráulica e a eletrohidráulica. Essas duas estão sujeitas a vazamentos, como de uma mangueira que pode se desgastar, e rachar. Caso vaze o óleo, a direção começa a ficar dura. Também pode apresentar ruídos, ou por conta de algum problema na caixa de direção, ou por conta do alinhamento e do balanceamento.

Suspensão

Ela é outro elemento que pode apresentar ruídos, que pode significar que os coxins estão desgastados. Agora, depois de passar numa lombada e a frente continua balançando, é porque o amortecedor precisa ser trocado. Já as molas, por sua vez, são mais resistentes. Depois dos 40 mil quilômetros é bom revisar os amortecedores, porque é muito difícil identificar se eles estão bons ou ruins.

Transmissão

Ela não faz ruído, mas se ouvir algum com a janela fechada, e em todas as marchas, pode ser nos rolamentos do diferencial.

Bateria

Se puder deixar o carro na garagem com o alarme desarmado, e aberto, vai ajudar a bateria durar mais, porque hoje há muitos dispositivos elétricos nos carros, como o alarme e as travas, e mesmo com o carro desligado, eles consomem bateria. Hoje é difícil que elas durem mais que dois ou três anos, e podem parar de dar a carga sem avisos.

Fonte: Garagem 360


Leave a Reply

BUSCAR NO SITE

Facebook

ONDE ESTAMOS